Fogo: o elemento transformador

Parece ter vida. Consome. Aquece e ilumina, mas ao mesmo tempo pode causar dor, morte.

Um dos grandes passos do homem foi a descoberta do fogo, é bem provável que nada seríamos sem ele.

Algumas correntes místicas acreditam que é um elemento de propriedade dos deuses e que fora roubado pelo homem.

Pode simbolizar o Espírito Santo do Cristianismo que sob a forma de línguas de fogo inspirou os apóstolos durante a primeira festa de Pentecostes.

Mas o aspecto negativo aparece no fogo dos Infernos, ainda no Cristianismo.

Aparece também sob a imagem da “chama purificadora” que destrói o mal.

Técnicas de exorcismo assírias empregam o fogo para neutralizar a magia negra.

Ainda hoje na Índia, Hong Kong, ilhas Fiji, Malásia e outros locais do mundo podemos presenciar rituais de purificação onde pessoas andam descalças sobre o fogo.

Paracelso pregava a igualdade do Fogo e da Vida, ambos necessitam consumir para subsistir.

É um dos quatro elementos básicos (Água – Terra – Fogo – Ar).

Está associado ao masculino, ao Sol, ao coração, à capacidade da procriação.

Os signos do Zodíaco ligados ao fogo são: Áries, Leão e Sagitário.

Os espíritos do fogo são conhecidos como Salamandras.

No Brasil o fogo está muito presente em festas populares como as juninas. Temos fogueira e balões.

Mas saindo da aura mística que o cerca, a verdade é que o fogo tem a capacidade de transformar, alterar um estado. Ele é o responsável pela fusão dos metais, possibilita a composição de ligas que facilitam o trabalho dos ourives, proporcionam maior brilho, beleza e durabilidade.

O fogo é parceiro indispensável à Joalheria.

Essa mesma qualidade é uma das grandes responsáveis por sua estreita ligação com o Esoterismo, guardar em si o poder da transformação! Poder esse que o ser humano busca desde suas origens.

A massa líquida e crua pode transformar-se em pão ou bolo, grãos duros podem tornar-se comestíveis e saborosos, substâncias podem ser “esterilizadas” através dele.

Não é à toa que feiticeiras são retratadas ao lado de seus caldeirões incandescentes sobre uma fogueira ardente… o útero sendo fecundado pela força masculina do fogo e gerando novos frutos (poções e encantamentos).

Tem a cor do Sol, do ouro, precisa mais?

O fogo que queima pode também aconchegar. Pode transformar males em bens. Basta saber usar e respeitar!

Bibliografia e fontes

Dicionário de Magia e Esoterismo
Nevill Drury – Editora Pensamento

Dicionário Ilustrado de Símbolos
Hans Biedermann – Editora Melhoramentos

Publicação

Artigo originalmente publicado no site JoiaBr

Autor(a): Márcia Pompei

ver perfil e ler outros artigos

Assuntos similares